A organização

União das Etnias de Ijuí: aproximando as culturas do mundo

 

A União das Etnias de Ijuí iniciou a sua organização em 1994, a partir da motivação dos Presidentes das Casas Étnicas e da Associação Tradicionalista Querência Gaúcha, durante a VIII FENADI, tendo como objetivo fundar uma Associação que congregasse as doze entidades e representasse o movimento em suas mais diversas atividades, bem como fortalecesse a escolha de presidentes da FENADI. Após inúmeras reuniões e estudos, no dia 19 de abril de 1996 foi realizada a primeira Assembleia Geral, presidida pelo senhor Orlando Romeu Etgeton, então coordenador da Comissão Provisória Pró-Fundação da União das Etnias de Ijuí. A primeira reunião aconteceu na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Ijuí, objetivando a criação da entidade, aprovação dos estatutos e realização da eleição da primeira diretoria.

Como primeira diretoria da União das Etnias permaneceu o coordenador da comissão, Sr. Orlando, como presidente, Volnei Viau como vice-presidente, Gertrudes Commandeur como primeira secretária, Valter Commandeur como segundo secretário, Mustafá Rashid como tesoureiro, Elemar Kettenhuber como segundo tesoureiro. A UETI, registrada no Registro Civil das Pessoas Jurídicas de Ijuí - RS como uma associação livre de caráter cultural, com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos e com prazo de duração indeterminado, tem entre seus fins: promover a união étnica de Ijuí, coordenar eventos, projetos e atividades de interesse comum aos Centros Culturais de Ijuí e estimular o intercâmbio com entidades congêneres.