Sobre

Em 1987, realizou-se a I Fenadi – Festa Nacional das Culturas Diversificadas, que visou motivar e organizar os grupos étnicos que formam a comunidade de Ijuí, a fim de resgatar, incentivar e dinamizar as manifestações dos diferentes grupos étnicos e sua integração.

Nesse contexto, foi fundado em 09 de maio de 1987 o Centro Cultural 25 de Julho de Ijuí, que reúne famílias de descendência alemã e simpatizantes da cultura germânica.  Fundamentado em cinco Pilares:

I – Cultivar, propagar, difundir, preservar e pesquisar a história rio-grandense e brasileira em todos os seus aspectos, com ênfase da etnia alemã nas suas relações e origens teuto-brasileiras.

II – Promover cursos conferencia e outras atividades de caráter cívico, artístico-cultural, social e desportivo, que tenham por finalidade reviver e cultivar tradições legadas pelos antepassados e seus associados.

III – Estimular a coleção e guarda de objetos e documentos, assim como a preservação de monumentos e estilos arquitetônicos típicos da região, com finalidade de conservar estes valores a posteridade;

IV – Manter intercambio cultural com sociedades congêneres.

V - Desenvolver intensa atividade artístico-cultural em Ijuí, na região e Estado, efetuando diversas apresentações em vários Estados do Brasil e também no exterior, cultuando e propagando a cultura, tradições e costumes típicos da etnia alemã, nos aspectos das vestimentas, culinária língua, música, dança e memória.

Atualmente o Centro Cutural 25 de Julho possuí os seguintes grupos artísticos culturais organizados:

  • Grupo de Danças Enzian;

  • Grupo de Danças Sonnestrahlen;

  • Grupo de Danças Frohe Jugend;